quarta-feira, 13 de setembro de 2006

Eu não estava lá, mas era como se estivesse

No sábado, acordei perto das 7 da manhã e já fiquei pensando: Tomara que a Gel e a Carol não percam o ônibus.
Durante a manhã, fiquei bem borocoxô, fazendo inclusive minha mãe perguntar o que estava me aborrecendo tanto e eu respondi: Queria estar lá em São Paulo com as minhas amigas.
Passei o dia imaginando tudo que rolava por lá...
...Agora devem estar se abraçando muito na chegada na rodoviária.
...Agora devem estar passeando por SP.
...Agora estão almoçando.
...Agora estão falando sobre o livro.
...Agora estão lembrando de quem não foi.
...Agora estão rindo muito.
...Agora estão tirando fotos.
...Agora estão bagunçando mais e mais.
...Agora estão indo dormir.
...Agora estão acordando.
...Agora estão indo passear mais um pouco.
...Agora estão aproveitando muito os últimos momentos.
...Agora estão meio tristinhas, arrumando as coisas pra ir embora.
...Agora estão se abraçando e chorando.
...Agora estão indo embora com a maior vontade de ficar.

Pois bem, meninas! Não sei se as coisas aconteceram da forma como imaginei, mas esse foi o jeito que eu encontrei de tentar estar lá pelo menos no meu pensamento e no meu coração.
Tenho certeza que tudo foi maravilhoso e que nossa amizade só faz crescer a cada encontro.
Ano que vem, vou querer aproveitar cada uma de vocês em dobro, ok?

6 comentários:

Ggel disse...

Querida Rezita, você sabe que eu te entendo realmente, né? Ano passado foi a mesma coisa. Fiquei com votnade de fazer uma loucura e pegar um avião rpa encontrar vocês, mas e depois, quem ia pagar a passagem, né?
Foi tudo isso que você escreveu e já falamos como as 3 fizeram MUITA, mas muita falta. Aliás, os 4, proque o Montanha também fez falta pra caramba.
Não esquente a moringa. Ano que vem vamos pra Pó de carda. Além disso, você aidna pode ver a Shucrute no próximo final de semana, né?
Beijo com saudades :)

Katia Bandeira disse...

Então, Rê, foi mais ou menos assim mesmo...Lembramos e lamentamos o tempo todo por quem não pode ir....
MAs ano que vem estaremos nós lá, firmes e fortes....
Vá preparando esse esqueleto para muitos abraços apertadíssimos.
Beijos

Carol Maria disse...

Rê, se você estivesse estado lá não teria feito um 'roteiro' tão perfeito: foi quase exatamente isso mesmo, rs. Mas claro que a falta de vocês foi enorme, o tempo todo a gente lamentava não estar 'completo' o clã... mas enfim, pode se preparar para vir pra cá hein. :*cas, saudades.

Pri disse...

Rê... foi isso aí mesmo, menina... vc é vidente???? Acho que não, né... vc é nossa amiga, e sabe exatamente o que a gente faz qdo estamos juntas.!
Por isso a descrição foi tão perfeita...
Bjinhos, amiga...Estou com saudades de vc!

Aninha disse...

Hehe... Pior que a gente fica nessa agonia, mesmo. Mas pior ainda era não ter como ligar prá ninguém. Eita, mulherada, temos que atualizar aquela nossa lista, né?

TECO disse...

ADOREIIIIIIIIIIII
TUDOOOOOOOOOOOOOOO

BEJUS NAS SETE

EITA, TAO ME DENEDO UMA VISITA NEH

www.tajan.blig.com.br

bejassos

TECO