sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Há tempos estou com uma idéia de post que estava meio relutante em "botar no papel" porque não é muito meu estilo de post, nem um assunto que eu domino totalmente. Mas acabei me convencendo de que deveria fazê-lo porque, pode parecer estranho uma moça de 24 anos dizer isso, mas a idade me fez perceber o quanto é importante se cuidar e ser vaidosa (e com isso, lembrei de vários conselhos que minha mãe dava; coisicas básicas e também da minha avó, que não era a pessoa mais vaidosa do mundo mas não dispensava um creme hidratante e um perfuminho mesmo que suavíssimo; perfume então era paixão de minha mãe, até hoje passo longe do que ela usava d'O Boticário... lembranças muito fortes e boas, mas é ruim chorar dentro de uma loja de perfumes, rs, garanto para vocês).

Enfim, dias desses vi que a Sissi fez algo parecido com o que eu estava pesando fazer e me empolguei mais: liguei o botão "Dane-se!" e resolvi assumir meu lado "mulherzinha" (não sou feminista, do tipo de mulé que queima soutien e anda desarrumada para "combater a sociedade machista", in deed, acho isso ridículo; sei dos valores de cada ser humano, independente de gênero; mas também estou longe de ser do tipo de moça que não sai de casa sem maquiagem... às vezes falha: tenho preguiça, pressa; não é extremamente essencial MAS eu gosto: se eu fosse menos preguiçosa ou mais organizada com meu tempo, certeza que pelo menos rímel e batom eu passaria todo dia).

De novo, com o tempo percebi que já há anos uso alguns produtos religiosamente e que, sem perceber, acumulei maquiagem que também uso, não tão religiosa e/ou sabiamente, mas 'tá lá, basta ver minha penteadeira (que era da minha avó, diga-se de passagem): caixinhas de maquiagem (uma de madeira que ganhei de uma grande amiga, com divisórias individuais para batons, luxo! Podem cobrar que eu tire uma fota) e cremes e perfumes. No banheiro eu que abasteço os elásticos comunitários (somos 3 irmãs ééé, como a novela só que não sou oxigenada como minha xará, nem tão chata), tic-tac, esmaltes, demaquilantes, lencinho umedecidos. Não tenho como negar.

Mas, como este já ficou grande demais, vou me comprometer a fazer o que eu estou tentando explicar desde o começo: falar de produtos de beleza e higiene que facilitam e embelezam a vida.

Não esperem resenhas profissionais, apaixonadas ou muito descritivas, rs, sou nova no ramo, preciso me aprimorar e acostumar com a idéia ainda, sem contar que o orçamento para isso é curto quando não é escasso.

Então, para próximas semanas, farei algo parecido, mas com bem menos conteúdo que o Ricota não derrete (que merece muito ser lido, além de falar de make up e cia., a autora Dani é um barato), não tão dedicada quanto o Galochas roxas. Talvez eu chegue perto do que se faz no Vende na farmácia?, apesar de que este é infinitamente mais divertido do que o que eu escrevo.

Mas compreendam: não é cópia: é coincidência mesmo. Eu estava lendo o Coma com os olhos quando vi um link lá para o Ricota e nele encontrei os outros 2.
E faço já o convite para as calégas do 7x7 escreverem posts assim também, porque, um brog escrito por 8 muléres, este assunto não poderia faltar ou redundar, né não?!

4 comentários:

Marcia disse...

Ah Caroleta... falou falou e nao cumpriu... tá, eu faço o post, mas vc tb tá devendo ainda :-)

Bjks

Carol Maria disse...

Sim, fía, mas eu disse que, por causa do post explicação, eu deixaria os posts de indicações para as próximas semanas... :|
;)

Renata disse...

Puxa! Pra mim é novidade vc falar de vaidade. Tenho certeza de que os posts serão ótimos.

Bjs,

Natália disse...

Acho uma ótima idéia, ainda mais se tratando de um blog só de meninas.
Desses blogs que você citou no post, eu só conheço o Ricota não derrete. Leio direeeto e adoro, principalmente porque ela não fala exclusivamente de make e tem um jeito todo especial de escrever.

Fui dar uma conferida nos outros blogs e ainda prefiro o Ricota!

Beijos, meninas