sexta-feira, 14 de março de 2008

Como é que pode?

Esta semana estou decepcionada e desapontada.

O material da escola onde trabalho, é bem amplo, abrange temas desde o primordial, como os cumprimentos até política e arte, para que os estudantes aprendam a se comunicar em espanhol sobre quaisquer temas.

Foi na 4ª. feira, um estudante do nível intermediário (de 5 livros ele está no 2º.), graduado na faculdade já, empregado de uma multinacional sediada em Poços, ao terminar um exercício disse que não sabia quem ‘é’ Frida Kahlo.

Corrigi sutilmente dizendo que Frida foi uma pintora mexicana, do século passado (e no livro que ele acabara de ler constava um pequena biografia dela), na esperança de que ele se lembrasse quem tinha sido Kahlo. Mas o rapaz realmente não fazia a mínima idéia de quem tinha sido ela, e nem deu muita bola pra isso (de certo achando que eu por ser professora tenho de compreender que um cara barbado não saiba o mínimo de História...).

Fiquei pensando então: o que será que a galera faz quando não está trabalhando ou estudando? Muito válido estudar, mas estudar só faculdade não quer dizer que o cara se exime de saber o que se passa a sua volta, de ir além do que os professores “ditam”, pelo amor do Cristo!, a Inquisição já passou, pode-se ler e se comentar sobre qualquer assunto. Não estou pedindo que ele saiba quem foi Renoir – fiquei com medo de perguntar – mas sim Frida, contemporânea, latino-americana.

O que será que a galera faz quando não está estudando ou trabalhando? Vendo Big Brother. Aposto que da vida dos bobocas naquele estúdio a galera sabe tudo.

(Não me venham falar de preconceito. Preconceito é não respeitar a História do mundo, minha gente, e não ser contra quem não se digna a desligar a tv e ler um bom livro.)
UPDATE: Pra não dizer que eu falei m*rd*, vejam esta pesquisa.

5 comentários:

¿Controversy! ® disse...

Infelizmente, a "nova" geração está a caminhos que eu prefiro não prever o seu futuro. As pessoas não lêem, não se interessam por nada que ocorre a sua volta. Enfim, BBB é a nova sensação. As pessoas perdem tempo em querer cuidar da vida alheia ao invés de viverem e melhorarem suas próprias vidas.
¿Beijos!

Renata disse...

Carolzinha,

Fiquei indignada da mesma forma quando assisti ao filme "Eu sou a lenda" e a tal mocinha não fazia idéia de quem era Bob Marley...(vc até já comentou isso aqui)...pior é que a dita cuja dizia que vinha de onde?? São Paulo...ou seja, lá vai o brasileiro denovo levar a fama de mal informado e por que não de alienado??

Concordo plenamente quando diz que não se deve "aprender" apenas o que os bancos escolares ensinam...há muito mais a ser explorado. E sinceramente, conheço muita gente que "faz faculdade" o que é totalmente diferente de estudar, né não?

Bjo,

Anónimo disse...

Quando não estão estudando, estão assistindo TV porcaria ou em baladas, regadas a "porcarias"...
Pena, não?
Bjks
Marcitcha

Juliana disse...

A ignorância parece imperar em muitos, muitos, muitos sentidos...

Paty Maionese disse...

Eu adoro ler, mas infelizmente, a maioria das pessoas não. Convenhamos que assistir tv requer muito menos raciocínio do ler um livro, sobretudo, uma literatura mais complexa, mas nem sempre a gente pode fazer só o que gosta, por isso, mesmo quando tô cansada e com preguiça lá vou eu pegar meu livro. Eu amo mesmo livros. O cheiro deles é maravilhoso.