quarta-feira, 27 de junho de 2007

Invadindo o dia da Rezitcha

Eu tinha que vir aqui e contar para vocês algo incrível que aconteceu hoje.

Francesco, meu marido, estava voltando de uma reunião e pegou um táxi na rua. Quando ele chegou no escritório percebeu que tinha perdido a carteira com tuuuuudo dentro...todos documentos, folhas de cheque em branco, dados pessoais e 600 dólares que havia apenas sacado.
Depois de 2 horas do acontecido eu voltei para casa com o Léo e ele ficou no escritório para cancelar os cartões e também porque iria fazer ocorrência na polícia ali por perto.
Quando cheguei em casa havia uma mensagem do motorista do taxi dizendo que tinha encontrado a carteira e que iria entregar assim que o Fran ligasse para ele.
O incrível foi que o motorista entregou a carteira com tudo dentro. Não mexeu em nada e os 600 dólares (e alguns centavos, rs) estavam no mesmo lugar.
Então, emocionado o Fran deu 100 dólares para o motorista e disse que sempre que precisar de taxi para ir às reuniões ligará para ele.

Eu sei que eu poderia passar esse acontecimento em branco, mas num mundo tão violento, injusto e cruel, não poderia deixar de mencionar que pessoas honesta existem sim e isso só nos ensina a seguir sempre o mesmo exemplo. Nunca se sabe o teu dia de amanhã. Seja honesto também.

7 comentários:

Renata disse...

Oi, Shu!

Pode invadir à vontade...e ainda mais se for pra contar coisas legais como essa e tão difíceis de se ver hoje em dia!

Parabéns ao motorista e que sirva de exemplo para todos nós nunca nos esquecermos que certas atitudes valem mais do que qualquer dinheiro que se encontrar por aí.

Beijinhos, linda!
Saudade imensa de vc!

Sulamita disse...

Sabe o que eu mais adoro nisso? Sempre escuto histórias de pessoas assim... Há sempre algo parecido acontecendo ao redor do mundo. Depois de um dia de trabalho horrível e de uma semana tremenda (já que estou de licença saúde e nem consegui parar de ir ao trabalho) lembrar dessas coisas faz a gente pensar que as coisas realmente valhem a pena...

Carol Maria disse...

Shuca, dia desses fomos a uma lanchonete, meu Henrique e eu. Niqui compramos dois lanches naturais a moça cobrou um só, e entregou os dois. Eu e meu Henrique falamos pra ela, como ela já tinha feito nota fiscale tudo, a supervisora ficou sabendo e ainda deu bronca na moça! Conheço casos parecidos e espero conehcer mais.Que bom que tudo acabou bem. Baci, saudades.

Ggel disse...

Viu só Shuca, ainda tem uma legião de pessaos honestas. Na verdade, nós somos a maioria, tenho certeza disso. O problema é que a minoria de corruptos é bastante competente na arte de roubar.
Bjo

Marcia disse...

Que exemplo hein Shushuca?
E pensar que a grande maioria é assim... pena que uma maçã podre estraga a cesta inteira, não?

Bjks com saudades!

¿Controversy! disse...

Só atraímos aquilo que somos. Felizmente você e o Fran são pessoas decentes e com certeza só atrairão pessoas decentes. Isso é muito bom e válido. Com certeza, coisas muito melhores estarão por vir. ¿Beijos!

Aninha disse...

É, Shu, realmente, ainda existem pessoas corretas nesse globo... O Xande também ficou boquiaberto quando li o post prá ele. Muito legal da parte dessa pessoa. Ótimo para o Fran, que recuperou tudo, e ainda faturou um bom taxista de plantão!