segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

apenas um conto urbano...





Nos ouvidos, uma prece… nos olhos, uma promessa… no coração, uma ansiedade...
Por onde ela passava, sentia que os caminhos se abriam... somo se todas as forças da natureza estivessem confabulando a seu favor...
Sentia-se confiante pois a primeira pessoa com quem cruzou lhe desejou Bom Dia! Isso mostrava que aquele seria um dia perfeito.
Ao chegar no serviço, notou que o segurança tinha um ar tranquilo. Ao chegar em sua mesa, um lindo buquê de rosas a aguardava. Que surpresa maravilhosa! Sem cartão, coisa estranha... mas muito agradável!
O dia transcorreu com muita calma. Os clientes mais exigentes não tinham ligado, o clima estava ameno.Enfim, um dia delicioso.
No final da tarde, recebe um telefonema de uma amiga que há muitos dias não tinha notícia. Combinam de se encontrar para um happy hour.
Vai ao encontro da amiga e se surpreende ao vê-la tão esfuziante! Boa notícia: a amiga estava grávida, depois de um ano de tentativas. Comemoram o bebê, com muito suco de uva.
Vai para casa satisfeita com a vida.
Dorme com um sorriso nos lábios.

9 comentários:

Katia Bandeira disse...

Marcitcha...
Coisas tão simples fazem o dia ser perfeitom não?

nana disse...

Oi, td bem? ótimo texto. Bjs e fique com Deus. Boa semana.

Gal disse...

Oi Marcia,
concordo com a Katia, tem dias que são simplesmente perfeitos!
E que venham mais e mais destes!
Beijinhos

Carol Maria disse...

É assim que tem de ser. Claro que nem sempre temos dias tão bon, mas tê-los na memória sempre ajuda. Belo texto, Marcita. :*cas

Tiago J. disse...

Que conto bonito..
E eu acredito no milagre da vida e que este mesmo está constantemente se renovando..

Boa quarta Queridas!

Dani disse...

Marcinha, tem coisas tao simples q deixam a gente tao feliz ne?!!? Um bom dia, um sorriso...
Uma noticia boa de uma amiga entao... eita dia bom!!!
Beijos, Dani

Ggel disse...

Oi Marcitcha, não se é a história é verídica, mas ser for: que fofo. Desejo todas as coisas boas pra sua amiga...que lindo :)
Beijo

Aninha disse...

Será que se todos os dias fossem assim a gente os identificaria como perfeitos?? É que de costume a gente acaba não valorizando a rotina, né? Embora na rotina, muitas vezes esteja a ausências de alguns problemas, a ausência de doenças, a comida na mesa...
Mas que bom é poder desfrutar de momentos assim.
Abraços, querida.

Shu disse...

To precisando de um dia perfeito....