segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Começou!!!!



Como é de costume em todo começo de ano desde 2001, começou o BBB! Particularmente, tenho sentimentos conflitantes pelo programa: ao mesmo tempo que acho de uma inutilidade ímpar, também gosto de assitir para ver do que o ser humano é capaz quando está em jogo fama (meteórica) e dinheiro. Ver também como estão os valores das pessoas, como tudo é descartável (principalmente as amizades, já que lá dentro todo mundo parece que é amigo de infância, mas não pensa duas vezes em apunhalar o semelhante).
A pergunta que fica é: até que ponto vale a pena? Quantos participantes este programa já teve desde sua primeira edição? Destes, quantos ganharam o prêmio máximo? Oito. De todos (que passa dos cem), quantos permaneceram em evidência? Poucos.(A RedeTV adora a burrice de Sabrina Sato e Iris Stefanelli, e a Grazi Massafera, que é a queridinha da Rede Globo). As revistas "sensuais" são o destino de quase todos, já que é a única maneira de conseguir algum dinheiro, dado o intelecto dos participantes.
Na minha humilde opinião, nem 1 milhão de reais justifica esse tipo de exposição, e essa deturpação dos valores morais das pessoas.Mas, cada cabeça com sua sentença.

7 comentários:

Raquel El-Bachá disse...

Oi Pri. Eu detesto o BBB. O pior é que sou obrigada a ver se quiser assistir à alguns programas que gosto, como minisséries, que só passam após o BBB.
Uma amiga minha quis participar do programa do ano passado e se inscreveu. Acho que o dinheiro não vale a exposição.
Beijos.

natália disse...

Na minha (também) humilde opinião, o dinheiro não vale mesmo a exposição. Se bem que é, o povo que inscreve em BBB quer mesmo é exposição, né não?

Eu, geralmente, assisto, mas nessa edição de agora só consegui ver o primeiro dia. Todo mundo me parece igual e as mulheres não tão nem aí pra 1 milhão. Todas só querem mostrar o útero na Plaboy.

Beeijo

Ggel disse...

Gostei de dois...aquele da Grazi, parecia novela, muito bom, de verdade. E aquele do Alemão...proque também tinha um ar meio novelístico...esse eu nem parei pra ver, porque essas coisas viciam...rs...
beijo

tajan disse...

E ae pri.. confesso que curto o BBB, e quase 93% do publico brasileiro que arredonda a audiencia da globo para 45 pontos no horário.. Coisa de novela mesmo. Claro que a deturpação de valores, a falta de humanidade, a carencia, a ignorancia de algusn, a porquisse de outros, tudo isso é muito esquisito, mas como diz o outro: É UM JOGO, dá pra espiar, então, de ves em quando dou uma olhada na casa...

hehehehe

BEIJÃO E BOA SEMANA!!!

Marcia disse...

Ah Pri, confesso que eu não assisto, não sei quem é ou foi... só sei da Grazi, que é linda e da burrinha do pânico... fora isso, quem foram? quem serão? sei que tem duas pessoas mais velhas pq tinha uma manchete no globo.com... mas fora isso... ô programinha nada a ver...
Bjks

Carol Maria disse...

Eu não tenho a mínima paciência nem com novela, imagina com gente oportunista? Como você disse, seria interessante se pudesse servir de análise de "quanto vale tua decência?", algo como pesquisa psicológica (psiquiática?) mas o que eu acho é o seguinte: aquela gente não é estúpida, carente, sem caráter porque entrou no programa, eles são assim porque são, não precisa que ninguém pague para isso.

Joel Santos disse...

Acorda Brasil, vamos ler mais e deixar essas mediocridades de lado.Se os mediocres se fartam, vamos fazer nossa parte.Se eles vissem o bbb e tivessem juizo de valor, tudo bem, mas, fazem igual, copiam.O povo esta alienado. Outro dia, enquanto o govendor do Pr dava abertura a um seminario sobre crise mundial, o glorioso FAUSTAO, debatia juntamente com a a atris da globo a respeito da personagem da a favorita,e as pessoas na rua perguntavam e interagiam com essa idiotice.Temos que discutir o papel da tv atual, e perguntarmos pq um programa como telecurso passa as 5 da manha, E como o jornal nacional mente e manipula descaradamente, em detrimento dos mesmos mediocres que assistem o BBB! UFA!