quinta-feira, 1 de março de 2007

O primeiro post a gente nunca esquece...

Nossa, há quase 3 anos o 7x7 está no ar. O tempo passou, o número de leitores não é mais o mesmo, mas isso não importa. O que realmente é relevante aqui é o carinho que recebemos sempre, a atenção das pessoas que param por 2 ou 5 minutos para ler o que escrevemos, isso é ótimo. É bom saber que fazemos parte da vida de algumas pessoas.
Enfim, eis o post de estréia...aliás o longo post de estréia.

Casanova ou Don Juan, quem é você?

Post de estréia. Respira. Respira. Vai...

Certa vez eu fui à uma palestra, com o professor Renato Janine, muito interessante sobre 'A paixão vista pelo enamorado'.
O professor começou com a explicação de dois exemplos clássicos de sedutores: CASANOVA e DON JUAN. A diferença entre eles está no envolvimento. Explico. Casanova se envolvia com as mulheres, tendo ao longo de sua vida apenas duas grandes paixões. Já com Don Juan a coisa era bem diferente. Ele colecionava conquistas, queria realmente exercer seu poder de sedutor.Praticar o jogo da sedução. O prazer estava em conquistar. Pra ele, era importante exercer todo seu potencial de 'xavequeiro'.
Se analisarmos os comportamentos de ambos, veremos que os relacionamentos do tipo 'casanova' tendem a ser intensos, com entregas totais de ambas as pessoas (nada de suruba, ok?) que desejam manter aquele relacionamento pela vida toda (o famoso 'até que a morte os separe'). Já os do tipo 'don juan', a essência da relação está em demonstrar poder, o poder de sedução. As pessoas têm em mente a perenidade dos sentimentos e acreditam que se por um acaso não der certo entre elas sempre haverá a separação.
Contemporizando, é inegável perceber que nos relacionamentos atuais há uma predominância de tipos 'don juans'. Os 'casanovas' são considerados pessoas sortudas ou 'artigos de luxo.' As relações afetivas estão se tornando cada vez mais frágeis e volúveis. Não se pensa hoje em algo pra toda vida, não comumente, porque hoje nada é pra vida toda (a não ser as contas da C&A). Planos, metas, anseios, tudo muda de acordo com nossas vivência e experiência de vida. Sem mencionar o novo perfil feminino. Estamos mais agressivas, assumidas, decidias a brigarmos pelo o que realmente queremos, porque não dizer predadoras também? Nós mudamos.
Uma coisa é certa, para todo sedutor há um seduzido (estou falando dos sedutores profissionais, aqueles que têm a tal 'manha' e não os que tentam, tentam, tentam e morrem na praia) e embora existam uma infinidade de 'don juans', no fundo todos querem ser 'casanova'. De qualquer forma, ainda sim é fácil ver as pessoas pulando de relacionamentos em relacionamentos querendo descobrir o amor de sua vida, desejando se tornar um 'casanova', mas se comportando como um 'don juan' para chegar a essa 'dádiva'.
Então pra que chorar? Vamos vestir nossa melhor roupa, engolir o choro e a tristeza, nos fingir de fortes, partir para a 'balada' e procurar, mais uma vez, pelo nosso 'casanova'. Se não acharmos um, podemos terminar a noite com um 'don juan', só para não ficarmos sem beijar (ainda mais se for o Johnny Deep, aí mesmo que a gente beija).
E agora eu pergunto, quem você realmente quer ser?


PS. O estranho é perceber que depois desse tempo todo eu faria um texto um pouco diferente deste. Mas enfim, foi o primeiro.

5 comentários:

Marcia disse...

Oi Ggel,
Caramba! Me lembro desse post. Muito bom.
E claro que hj vc escreveria algo diferente... após 3 anos, muitas outras coisas foram acrescentadas às nossas vidas... vivenciamos muitas coisas que fazem a gente ver as coisas diferentes... ligeiramente ou radicalmente.
Bjks

Katia Bandeira disse...

Eu Tambem lembro....foi comentadissimo....rs...
Ai, Gel...ja nem sei mais se quero um ou outro, ou se nenhum é a melhor escolha. To cansada. To desiludida...
Queria ir pra Jurere, ficar sentada naquela pedrinha la no meio do mar, olhando os barquinhos e as gaivotas e som o som da agua. To cansada...
Por quanta coisa passamos nesses tres anos, hem?
Beijo...

Sissi disse...

ah que delícia fazer aniversário de blog e rever textos... ainda mais bons textos como esses, reflexivos. :D
E eu, lógico, adorei ler, afinal não tinha lido "o começo". :D

Carol Maria disse...

Ah, eu leeembro1]! Foi com ele que virei fã e percei que iria adorar todo e qulaquer texto teu, Ggel. E estou abrindo a campanha "Atualize o post", rs. faça a versão atual dele, Ggel, plis. ;)

Aninha disse...

Puxa, lembro também que esse texto deu o que falar... O escreverias diferente hoje, é? Então... Agora fiquei curiosa e me perguntando se não seria interessante uma nova versão no novo 7x7... Hehe!