quinta-feira, 8 de março de 2007

De mulher pra mulher...


Pois é, já sabemos que dizem que a mulher é o sexo frágil, mas que mentira absurda! Na verdade, mulher é bicho esquisito, que todo mês sangra, não foge à luta e nem só de cama vive a mulher. Digo também que Nem toda a feiticeira é corcunda, nem toda brasileira, é bunda, meu peito não é silicone, sou mais macho que muito homem. E quem foi que disse que tem que ser magra pra ser formosa? Preta, branca, pobre ou rica. Bonita ou feia você é maravilhosa...
Eu quero que as pessoas olhem pra mim e pensem: a sua vida não tem noite nem tem dia e nem tem trégua sua guerra pela paz, ela batalha por um chão para seus filhos, por um destino pra seus velhos, seus irmãos.
Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre. Quem traz na pele essa marca, possui a estranha mania de ter fé na vida.

No fundo, toda mulher quer ser amada, toda mulher quer ser feliz.

Que nesse Dia Internacional da Mulher, e em todos os outros, todas as mulheres sejam tratadas com respeito, dignidade e carinho. Afinal de contas, NÓS merecemos isso e estamos em maior número....rs

PS. Coloquei vários trechos de música, deu pra perceber, né? Outra coisa, essa imagem foi retirada do site da USP.

9 comentários:

Carol Maria disse...

Muito boa a colagem d músicas Ggel. :*cas

renatobr30 disse...

Bom!!! Nesse dia tao especial nao poderia deixar de vir aqui e parabeniza-las(nao só vc ggel, mas todas as meninas do blog e todas as mulheres q leem o blog) pelo Dia Internacional Das Mulheres.
Vcs merecem nao só um mas todos os dias do ano(só pelo fato de terem nascido mulheres).

UM GRANDE ABRAÇO A TODAS VCS!!!!!

renatobr30 disse...

esqueci de dizer: Vcs poderiam ser um pouquinho menos complicadas ou já vir com manual.hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha
Beijao

Marcia disse...

Oi Gel,
Amei sua criatividade!

Parabéns a todas as mulheres simplesmente por serem mulheres.
Bjks

Aninha disse...

Gelzita, sempre criativa...
Adorei o texto e a escolha da imagem tb!
Ô, Gel, atualiza teus dados para o cadastro do 7x7... Se não me engano teu celular mudou, não foi? E, (que vergonha), não sei o endereço do blog individual... Podes mandar prá mim?
Abraço.

Sissi disse...

ai ai... que gostoso ler esse texto. com esse sim me identifiquei, não com as manchetes rotas de todos os anos sobre mulheres. parabéns!

Tiago J. disse...

E viva as mulheres tão dignas e tão merecedoras do 8 de março e de cada dia de mta felicidade do ano todo!
Mulheres que sabem ler e interpretar coisas com uma sensibilidade que nós, homens, nunca poderemos..
Bjo meninas!
Parabéns a cada uma das 7!

Katia Bandeira disse...

Bela homenagem, Gel....o texto ficou lindo! Somos mesmo o máximo!

damaris disse...

li a pouco um máteria na revista época, sobre os homens que não amam as mulheres. infelizmente esta é uma triste verdade, do nosso cotidiano, salvas excessões, de alguns moços bem educados, o resto são meros chauvinistas. Infelizmente muitos homens pensam que mulher "boa" é a passiva que se esmera por mimá-lo, ou seja, que seja uma empregada que faça sexo com ele, e depois cuide dos filhos que ele não soube evitar, porque os homens não gostam de usar camisinha. Eu já fui casada, e antes de me casar deixei bem claro ao meu noivo, que marido meu lavava, passava e cozinhava também. Ele aceitou os termos numa boa, mas pasmem, que foi minha familia e a familia dele, que são compostas por maioria mulheres, que acharam isso um absurdo. diziam que eu ia judia do meu marido. Muitos homens não amam as mulheres,é fato. Mas muito mais, muitas mulheres não amam as mulheres. Sou policial e tenho um horário de trabalho extenuante, como o de muitas outras mulheres, não seria o caso, que a familia fosse a 1ª a apoiar uma iniciativa desta. Por fim descobri que gosto de ser solteira, já criei um filho, já plantei uma árvore, já escrevi alguns livros, e me sinto plenamente completa, se for para ter outra pessoa na minha vida, eu preciso que ela me transborde em todos os sentidos. Afinal não tenho nenhuma vocação para ser mãe substituta de nenhum marmanjo barbado. É isso aí Renata, não aceite nenhum tipo de desrrepeito, seja verbal, pisicologico ou físico, se muitas mulheres adotassem essa posição, os homens se veriam obrigados a rever e mudar suas atitudes. bjuxxxxxx