domingo, 10 de dezembro de 2006

Homenagem ao menino da rua

"Menino da rua
O que foi que aconteceu????
Será que está assim, por causa do voto meu?
Menino de rua
Não me atire pedra
Nem também não me jogue confete
Menino da rua
Vou te dizer um provérbio
Quem parte e reparte e no
Partir tem arte, sempre fica com a melhor parte!
Olha, menino da rua
Quem sabe vos pedires
Tomar um partido que seja um inteiro
Com líderes que não mata?
A mata
Que ame sua terra
Onde sua vida se encerra
Com a bandeira estendida
Escrita ordem no congresso
Ou melhor
Ordem e Progresso
Aí perguntará: E era engraxate?
Ele era ela rua?
Ele era escoteiro?
Não. O que ele é?
Ele é um Brasileiro.

*** Este é um texto do Sr. Dalmo Nucci de Almeida, que foi muito gentil em deixar que eu o colocasse aqui, no 7x7.

10 comentários:

Dri disse...

Oi...
Texto mt bom!
Parabéns!
O Brasil tem q mudar e logo...
bjs

Carol Maria disse...

Maravilhoso poema Pri, de parabéns o Sr. Dalmo, também. :*cas

Ggel disse...

Muito legal, né Prizoca? Já falamos sobre isso. Sobre os textos e sua iniciativa. Parab´nes aos dois e, aproveitando...te vejo semana que vem, certo? rs
beijocas

a superlativa disse...

"Será que está assim, por causa do voto meu?"

ai, isso doeu... ¬¬

Segunda a Sexta disse...

É, no partir tem muita arte.

Muito bom! :D

Sissi disse...

É... que será que aconteceu para nossos pequenos estarem tão abandonados e nossos olhos terem se acostumado a vê-los assim?

Marcia disse...

oi Pri!
Lindo poema... fez bem em compartilhá-lo conosco!
Bjks,

Renata disse...

Oi, Pri!

Que texto mais lindo! Parabéns ao Sr. Dalmo por saber tão bem colocar as palavras e deixar suas mensagens nas entrelinhas.

Beijinhos,

Aninha Brasil disse...

Pri, essas tuas descobertas estão embelezando ainda mais o 7x7. Parabéns ao senhor Dalmo!

Juliana disse...

Tantos meninos da rua, tantos meninos de rua espalhados por aí...