quinta-feira, 2 de novembro de 2006

Meus papéis de carta

Carambola, estava arrumando o armário onde guardo minhas papeladas e achei minha pasta de papéis de carta. Essa velharia deve ter , mais ou menos, uns 17/18 anos. Eu comecei a colecionar papéis de carta ainda na barriga de mamãe :)
Lembro que meu irmão adorava fazer terrorismo contra mim. Quando brigávamos ele queimava um papel de carta, sempre era algum que fazia parte de uma coleção. Na verdade, ele queimava só uma pedaço, pra que eu pudesse ficar olhando pro outro pedaço que sobrava. Às vezes ele só amassava...bem amassado. Tenho várias coleções incompletas por causa dele. Mas pra dar o troco, eu quebrava um botão, dos times de futebol de botão que ele tinha. Daí ele ia e queimava outro papel de carta. E assim foi por muito tempo.As crianças sabem ser cruéis, não?
O legal era ter uma pasta entupida com papéis de carta. Algumas amigas tinham mais de uma pasta e todas eram lotadas. Acho que o máximo que eu tive foi uns 350 papéis, quase nada perto do delas.Mas acho que não tive mais porque meu irmão não deixou...rs.
Hoje em dia eu ainda tenho uma pasta cheia de papéis de carta. A Julia já andou dando uns desfalques na minha coleção, mas tem uns que são meus xodós...mesmo amassados ou queimados.Todos bem guardados numa pasta com sacos plásticos, um mimo.
E meu irmão? Ah, não é que ele voltou a fazer coleção de times para organizar um campeonato de futebol de botão? Ele joga com a Julia e garante que vai esperar o João, meu outro sobrinho, crescer pra entrar no campeonato.
Pois é, tem certas coisas que não mudam mesmo, né? Ainda bem.

13 comentários:

Luly :) disse...

Faaala GG!

Putz, que velharia, hein?! Também tenho os meus guardados!!!! :) Amava a coleção dos Ursinhos Carinhosos e da Moranguinho, que foram as minhas primeiras.
Sabe que tenho meu primeiro papel de carta? Sempre ficou na primeira página da minha pasta... ai ai, tempo bom!!

Ah! E por falar em velharia, lembrei de vc esses dias!!! Sabe por quê? Porque aprendi a fazer o moonwalk!! Lembra? O passinho do Michael Jackson!!! hahahhahaha!

Bjos
Saudades!

Jeanne disse...

nunca tive nenhum tipo de coleção, mas em compensação a relação com o meu irmão não foi mt diferente! rsrs... vivíamos brigando.
ainda bem que hj somos grandes amigos e nos respeitamos.
bom feriado pra ti, beijos

Sissi disse...

E será que o João vai queimar a coleção da Júlia e ela vai quebrar a coleção dele? :P

Nunca tive coleções... sou um ser estranho: me sinto obrigada a achar e arrumar e guardar, por isso não coleciono nada.

Por outro lado, adoro guardar coisas aleatórias e meu guarda-roupas acaba se tornando um baú de pirata, que às vezes vou remexer e me divirto.

Aninha disse...

Puxa, que legal! Eu tb colecionei papéis de carta! Aliás, altas idéia esta que me deste... acho que vou postar sobre tudo o que já colecionei! Rs... Agora, que irmãos podem ser cruéis, ah, podem... Hehe!!!

Lena disse...

oiii,
hahaha, eu tb tenho todos os meuus papéis de carta guardados...tenho duas pastas, lembro que em uma eu deixava os que mais gostava e na outra os que eu achava feio....(rsrs...eu acho que meio que discriminava as coisas feias, qdo brincava de escolinha as bonecas e bichinhos que eu achava mais feio e não gostava muito eram piores alunos....coisas de crianças...rsrsrs)
voltando aos papéis de carta....depois com meus 15, 16 anos....fiz outra pasta mas dessa vez com fotos dos artistas mais gatos da época.....tenho duas pastas tb....rsrsrs

Ti disse...

E é mesmo viu..Nada como guardar quilo que a gente tanto gosta..Admiro quem faz coleções como esta é sina de que tem todo um carinho e sabe preservar o que o passado deixou de melhor de uma forma q mtas vezes as pessoas se esquecem de fazê-lo hj em dia..

Saudades do cantinho de vcs, mas agora deu tempo de passar aki..
como sempre cheio de mta luz e alegria e reflexões..

Bjos a Vcs!

“Mantenha-se simples, bom, puro, sério, livre de afetação, amigo da justiça, temente aos deuses, gentil, apaixonado, vigoroso em todas as suas atitudes. Lute para viver como a filosofia gostaria que vivesse. Reverencie os deuses e ajude os homens. A vida é curta.” (Marco Aurélio)

(Flog Atualizado)

Bom FDS!

Marcia disse...

Putz Gel... tô me sentindo um ser estranho... lembro das minhas amigas e suas coleções, mas eu achava muito esquisito gostar de guardar ou colecionar coisas... sou assim até hoje... sei lá. E como moro num apê pequeneninho, nem temos o direito de colecionar coisas... mas quanto ao fato dos irmãos serem cruéis... rsrsrsrs, pergunta prá Marcelí o que ela aprontava com as minhas coisas...
Bjks

a superlativa disse...

aaaaaaaaiiiiiiiiiiiii que saudaades da minha infância... lembro que gastava toda a minha "mesada" em papéis de carta... tinha várias pastas... meu pai sempre que ia a uma papelaria lembrava de levar um papel de carta pra mim... nem sei onde foi parar minha coleção... acho q se perdeu na mudança... :(
bjus!

disse...

Ahhh q pena..eu nunca tive um papel de carta...sabe..acho q isso ñ em encantava..
mas isso é muito lindo...
recordações boas essas ...
bjsss

Carol Maria disse...

Papel de carta nunca colecionei, lembro da coleção da minha irmã. Mas chegeui a colecionar embalagens de chocolate. Fiz isso até 2004, tenho um montão. Desencanei um pouco mas ainda assim acho que embalagens dão ótimas coleções. :*cas

Renata disse...

Oi, Gelzinha!

Que delícia lembrar disso! Eu também tive (e ainda tenho) uma coleção de papéis de carta. Era tão gostoso ficar arrumando, discutindo com as amigas qual trocava ou não trocava. Aliás...eu quase não trocava nada...Sempre fui de acumular e não de me desfazer de coisas...
Já colecionei muitas coisas mesmo...Eu já fui uma cata-treco...rsrs.

Beijinhos saudosos!

Visão disse...

Nossa, vc também guradou os teus? Eu achava que s´´o eu era louca! Deu um trabalhão junta quando era menina não é? beijos!

Anónimo disse...

Oi gente!!!
Quero comprar alguém sabe onde vende??? Me passem por e-mail: thaischneider@yahoo.com.br
Bjss
Thais