domingo, 14 de junho de 2009

Para rir um pouco




Esses dias, googleando sobre Limeira, minha cidade, me deparei com um artigo prá lá de engraçado na Desciclopédia!!!

A Desciclopédia é uma Wikipédia às avessas. É um portal onde você pode editar os artigos, sempre com o intuito de ser engraçado. Mas cuidado, porque alguns artigos contém humor negro, que não é indicado para pessoas mais sensíveis.

Eu, como levo tudo de boa, adorei e confesso que ali tem coisas muito verdadeiras.

A Desciclopédia, sobre Limeira:

"Você quis dizer: pé de limão"
Google sobre Limeira

"Você quis dizer: Falência"
Google sobre Limeira

"Aqui é assim: ou você faliu,ou você já é falido!"
morador sobre Limeira

"Empresário Limeira tem muito a lhe oferecer"
Placa na entrada de Limeira sobre emprego

"Quer fazer turismo? Pegue o Linha 8 Shopping!"
Cobrador do linha 8 sobre Limeira

"Vai pro shopping!"
Limeirense sobre diversão

Limeirenses morrem de inveja dos seus vizinhos, mais civilizados, melhor empregados e mais bem sucedidos. A vizinha estadunidense Americana tem todas as indústrias que a cidade sonha ter e o rodeio que Limeira sonha em fazer, Piracicaba tem o shopping e as universidades que Limeira sonha ter.
Tudo que eles possuem Limeira poderia ter também, mas não tem. Como sonho não alimenta ninguém, todo mundo sai da cidade para estudar e trabalhar em outros lugares. Isso transforma Limeira na perfeita cidade-dormitório, cheia de chácaras para se passar os finais de semana longe da civilização.
Como não dá para fazer jóias de ouro puro já que todo mundo que trabalha na empresa rouba fácil e faturaria alto, tem que se fazer coisa mais pobre para ninguém levar embora.
Preparados com uma mistura de massa folheada, essas bijuterias causam alergia em quem usa sob a forma de coceiras e irritações nos locais em contato com essas pseudo-jóias.
Limeira é a única cidade no planeta a produzir bijuterias bicolores, que após dois meses de uso passam do dourado para rosa e ficam parecidas com o plástico usado para fabricar os infames e demoníacos bonecos Playmobil .
As empresas folheadoras são altos cabides de emprego. Já que a prefeitura não consegue pendurar todo mundo nos seus esquemas burocráticos, as fábricas de fazer brinco com uma camadazinha finíssima de ouro penduram todo o resto da população desempregada. Todos os limeirenses possuem um parente ou um amigo que trabalhe numa fábrica de jóias "de favor".

A tradição limeirense é ficar em FRENTE aos lugares, não entrar, e gastar o dinheiro com drogas e bebidas.

Limeira ganhou o prêmio Desciclopédia de Ouro, pois:Faliu 1001 empresas, comércios e até dupla sertaneja!Congratulações, Limeira! Continue se esforçando,
porque esse troféu vale mais do que dinheiro!

10 comentários:

lioness disse...

Inacreditável até aonde a imaginação pode nos levar! Muito massa essa desciclopédia!

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Oi Pri,

Tudo bom? Queria agradecer as visitas ao 3xtrinta e o carinho, seus comentários são muito fofos.

Vamos trocar figurinhas, quero explorar melhor esse 7x7.

Beijão,

Bela - A Divorciada

Odele Souza disse...

Um recado para Marcia:

Seu post sobre O PERIGO DOS RALOS DE PISCINAS está hoje no blog de Flavia. Com os devidos créditos, obviamente.

Um beijo.

Sil disse...

Adorei seu Blog, muito mesmo!
Quero te convidar para visitar meu Blog tb.

www.depoisdodiva.blogspot.com

Sou Psicologa e adoraria que vc comentasse os textos.

Bjs e boa semana!
Sil

Dirce disse...

Eu procurei Campinas,foi um tormento..ahahahahaha

Déia disse...

kkkkkkkkkkkkk eu não sabia que existia isso kkkkk
Mas deu dó do povo de Limeira rsrsrs
Obrigada pela visita lá no blog. Bj

nana disse...

Tenho novis no meu blog. Qdo puder, passa lah. Bjs e fique com Deus. Boa semana.

Marcia disse...

Oi Pri, não conheço essa tal mas rolei de rir com o post...
Bjks querida... sucesso sempre, vc é demais :-)

Fernanda disse...

Hahahaha!

Adorei o texto! Vou dar uma fuçada no site, depois conto o que encontrei.

Beijos, Pri!

Beijos, Meninas!

Cadinho RoCo disse...

Temo dizer que a realidade de Limeira se alastra País afora.
Cadinho RoCo