sábado, 1 de setembro de 2007

Uma mulher sem pedras, obrigada.

Descobri que tinha pedras na vesícula no mês de março de 2006. Pra mim foi assustador, porque minha mãe quase morreu disso quando eu era adolescente. O que eu sabia sobre o assunto era quase uma sentença.
Protelei, adiei, chorei, suportei dores horríveis. Na cabeça eu sabia que a cirurgia era inevitável, mas sabia também que eu adiaria o quanto pudesse. Nunca havia levado uma anestesia, inclusive optei na ultima hora por parto normal, de tanto medo de ponto e anestesia que eu tenho.
Fui convencida a operar pelo meu amado, que é enfermeiro e acompanhou parte do sofrimento. Ele me indicou seu próprio gastro, um amor de médico, que me desenhou (literalmente) porque eu teria que operar e não dava mais para adiar, caso contrário eu já sabia bem o que aconteceria, tendo como base o histórico da minha mãe.
Cirurgia marcada, plano de saúde embaçando para autorizar a dita cuja, uma montanha de exames e um grande amigo ao lado, o tempo todo. Inegável que eu “amigorado” teve um peso enorme na “coragem” que tirei não sei de onde. Ele me levou ao hospital, entrou no centro cirúrgico, ficou lá o tempo todo, e até segurou na mão a tal da vesícula. Posso dizer que meu amado me conhece por dentro e por fora. Ele tava lá quando voltei da anestesia, aliás, já voltei chamando por ele... rs....to ou não apaixonada?
Agora to aqui me recuperando. O pós-operatório é bem dolorido, embora eu tenha feito a cirurgia por vídeo, os cuidados são os mesmos de uma cirurgia aberta. E a recuperação também.
Minha mãe veio pra minha casa, vai ficar um tempo comigo, porque não posso fazer nenhum tipo de esforço e creio que se o médico me liberar, retorno ao trabalho ainda nessa semana, quando fizer 14 dias da operação.
Aos amigos que torceram, oraram, rezaram por mim, agradeço de coração.
Agora sou uma mulher sem pedras

12 comentários:

Carol Maria disse...

Sem pedra e cheia de felicidade não é? Que bão que tudo deu certo, que o amigorado é bão também, enfim, tudo muito bão. :*cas, Katita.

Fernanda disse...

Olá Kátia !

Ufa, que maravilha ter notícias suas!

Estou contente com as boas novas, e por saber que está tudo bem por aí. Tome as devidas precauções no pós operatório, e depois curta a vida, afinal vc é agora, uma mulher sem pedras ! :D

Faça tudo bonitinho, se cuide direitinho ... ah, e SIM, vc está in love ! he he he

Um beijo pra você!

Tenha uma ótima e rápida recuperação !

(estou aqui torcendo sempre!)

Fernanda

lourival disse...

Oi Katita! Que bom que já não tem mais "pedras" no teu caminho. Fico muito feliz em saber e desejar-te milhões de felicidades. Beijos.

Aninha disse...

Bom saber que tudo correu tão bem, querida. Com certeza, ser essa mulher sem pedras daqui prá frente será ainda melhor, ou, ao menos, mais tranquilizador.
Abraço.

Ggel disse...

Que bom que todas as pedarias foram removidas e nossa amiga Katita está sendo bem cuidado. Você sabe que todas aqui são suspeitas para fazer qualquer tipo de comentário elogioso (ui, que chique...rs).
Então, beijos e bem-vinda queridona.

¿Controversy! ® disse...

Puta Merda!
Mas um dia, temos que superar nossos medos, certo!?...
Pense no lado bom da coisa... Já operou o que conseqüentemente vai te abrir "novos horizontes" a uma série de coisas que estavam ligadas a esse problema, vai descansar, curtir o carinho da mamãe entre outras coisas.
Olha quanta coisa boa!
Enfim, o que desejo agora é muitas melhoras e que você curta essa nova mulher que tem dentro de você.
¿Beijos!

Marceleca® disse...

Katia, minha linda... fico muito feliz em saber que você está bem... sei o quanto esse período de recuperação é dolorido e lento, pois minha mãe também teve esse mesmo problema há cerca de 5 ou 6 anos atrás... mas vc vai ver como tudo vai ficar às mil maravilhas depois de toda a dor...

Ah... dia 01/09 foi aniversário da minha irmã(zinha) querida... Marcia, integrante desse blog... queria deixar registrado aqui e deixar registrado tb o quanto a amo e que ela é a melhor amiga do mundo!!!

Sis, luv ya!!

Mil bjos p/ vc, Katia!!!

Mila disse...

Olha... garanto de cadeira que sua vida vai melhorar... hehehe... Eu tirei a vesicula em 2001... e só de saber que nunca mais vou ter aquelas crises... ai que maravilha... teno o vidrinho pra provar que as danadas existiram... mas são vagas lembranças de sofrimentos que não voltam mais!!!
Boa nova vida!!!!
Beijos Mila

Marcia disse...

Oi Katita!!! Que maravilha, ser mulher sem pedras, hein?
Boa recuperação, minha linda!
Bjks

Milady disse...

Kátia, sem pedras e sem vesícula, né?! rsrsrsrs eu tb sou uma dessas... No final do ano passado tive uma crise intensa de cólicas e fui parar no hospital... depois de fazer os exames fui direto pro cirurgião... A própria médica que fez a ecografia já havia dito que provavelmente eu já seria internada naquele dia mesmo... Não fui, mas duas semanas depois eu já estava pronta para a faca... :-)
Bom mesmo foi ter me livrado das cólicas... hehehehe
beijão e boa recuperação!

Renata disse...

Oi, Katita!

Esse comentário já está bem atrasado e vc provavelmente, totalmente recuperada, não é mesmo!

De qualquer forma, a cirurgia também serviu para vc ver o quanto é amada por aqueles que estão aí pertinho de vc e que muitas vezes com a correria do dia a dia a gente nem se dá conta.

Muito love pra vc! Sem pedras pelo caminho!

Super beijo,

Anónimo disse...

Leia com carinho, eu fiz isso uma semana atras e eliminei milhares delas, 5 de 3 cm mais ou menos ...

http://inforum.insite.com.br/46502/5601228.html

Cuide-se e passe p/ outras pessoas

Debora

dcm_31@hotmail.com