quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Meu primeiro amor...

Essa semana recebi um email do cara que foi minha primeira paixão. Eu tinha uns 10 ou 11 anos e me apaixonei por um vizinho, típico...rs. A coisa era levada tão a sério que a mãe dele me chamava de “norinha”. Eu estava tão encantada que comecei a freqüentar a mesma Igreja que a família dele freqüentava. Isso tudo porque eu queria passar as tardes de domingo pertinho do moçoilo em questão.

Euzinha, aos 11 anos

Foi uma estória tão fofa, até dançamos juntos num daqueles bailinhos de garagem (pra você que nasceu depois da década de 90 isso deve parecer absurdo, mas juro que não era, a coisa era bem divertida). Lembro que a primeira vez que dançamos foi super especial, a gente se abraçava tanto que até doía às costelas (que criançada assanhada). Nossa música oficial era: Hard to Say I'm Sorry, do Chicago (no youtube ) ou será que era Lady in red, do Chris de Burgh (no youtube) ? Não lembro bem, faz muito tempo, minha memória não é de longo alcance.

Foi legal lembrar dessa estória. Bons tempos aqueles. Engraçado como o mundo dá voltas, né? É uma misto de rotação com translação, uma coisa de louco...rs.

Ah, o que dizia o email dele? Segredo.

8 comentários:

Marcia disse...

Hummm... e o que dizia o email dele??? tem que contar!!!
Bom relembrar essas coisinhas, não? Eu tb curti bailinhos!
Bjks

Buratti disse...

Ah, conta o que dizia no mail dele, Gel!! Hehehe...
Tive uns momentos de flashback assim essa semana também... Primeiro amor é sempre especial, né?
Beijos!!

Milady disse...

Ggel, não sei se aí tinha também, mas aqui em Brasília tínhamos a dança da vassoura... e era uma disputa pra dançar com os carinhas mais bonitinhos... hehehehe
eu lembro do meu primeiro beijo nessa situação... hehehehe que mico!
beijão

Carol Maria disse...

Muito boas tuas histórias do tempo do onça (ainda bem que estou longe, senão você ia me fuzilar por dizer isso né, rs), adoro. E esta fotenha?! Igualinha que hoje, mudou nada! :*cas

thiagoalves disse...

Menthcéééra!!! Pode encaminhar esse e-mail pra mim AGOOOORA!!!!

montanha disse...

Oi Gel! Com este capacete branquinho, realmente ele devia te achar irresist�vel. Afinal, onde ele anda? Estamos curiosos para saber. Beij�o linda>
http://montanhafather.zip.net

¿Controversy! ® disse...

Bons tempos aqueles em que tínhamos as nossas "paixões" de criança. Eu também tive a minha e quanto as danças de garagem ou varanda ou terraço, eram hiper divertidas.
Muito bom mesmo. Sinto falta daquele tempo em que as pessoas eram mais amigas e inocentes.
Mas, não devemos nos agarrar ao passado e sim tentar modificar o nosso presente para ter um futuro grandioso.
¿Beijos!

Aninha disse...

Ai, ai... As saudosas festinhas de garagem. Aquele filme, De Repente 30, me lembrou bastante isso...