quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Toma que o filho é teu!

Lembro que há uns anos eu recebi um email falando que na China as pessoas jogavam os bebês no meio da rua, fossem recém-nascidos ou ainda fetos. Tudo porque a política cultural do país abominava o nascimento de meninas. Os pais, com medo das sanções do Governo, se livraram das meninas, fosse abortando os fetos ou abandonado os bebês em algum lugar. Vinha uma foto no email, mostrando um bebê recém nascido, e prematuro, no meio fio, perto de um bueiro. Achei aquela cena repugnante e pensei: como um ser humano pode ter coragem de fazer isso com outra pessoa, e pior, um bebê? Pois bem, eis que, anos depois, continuo a questionar como isso pode ser possível, só que não acontece do outro lado do mundo, acontece aqui, bem pertinho da gente.


Toda semana vemos notícias de crianças abandonadas em lixeiras, na ruas ou jogadas no esgoto. Toda semana eu me pergunto: como pode? Não me diga que é a pobreza, desespero ou imaturidade dessas mulheres, esse tipo de argumento eu não aceito. E nosso Governo pode não ser dos melhores, mas esse tipo de imposição não acontece aqui. E cadê os pais dessas crianças?

É por essas e por outras que cada dia que passa eu tenho mais medo do mundo que meus sobrinhos vão ter que enfrentar. Me preocupa saber o que mais as pessoas podem fazer para machucar e destruir umas as outras. A pior parte? Sei que elas ainda podem fazer muito, muito pior.


5 comentários:

Shu disse...

O que me deixa mais revoltada eh que enquanto uma mae (se eh que se pode chamar de mae uma criatura que faz esse tipo de barbaridade) joga seu bebe no rio, uma pobre outra esta procurando a filha desaparecida a 5 meses, se abracando nas ultimas esperancas que novas pistas lhe dao.
" Nao se esquecam de Mim" - Madeleine McCann

Otimo post Gel, muito bem lembrado.
Me corta o coracao tudo isso.
Beeeeijo

Marcia disse...

Oi Ggel... eu pensei eu escrever sobre isso tb... fiquei revoltada por ver na mesma semana, dois casos parecidos, onde tivemos desfechos tristes. Como um ser consegue fazer isso??? Jogar um bebe, sua própria carne e sangue? Matar intencionalmente seu próprio bebê? não dá prá entender. Tantas mulheres querendo filhos e não conseguem...
O ser humano está cada vez pior... não sei aonde vamos parar e também temo pelo mundo que meus filhos crescerão...

Ótimo post!
Bjks
Ma

Thimóteo disse...

Infelizmente, o ser humano é capaz de tudo, e nossas obras são más desde quando somos crianças.

Thimóteo disse...

Saudades exponenciais de vc!

Aninha disse...

Olha, Gelzita, também não consigo imaginar o que leva uma pessoa (não sei se nessa situação cabe a expressão "mãe") a fazer isso com um bebê. Não acho que essa pessoa tenha a obrigação de ficar com uma criança que não desejou, mas não tem o direito de lhe privar da vida. Existem outras formas de lidar com isso.