quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Ao som do Lulu...

Domingo eu estava zappeando por aí quando vi um programa do Raul Gil que faz homenagem ao artista. O artista em questão era Lulu Santos, parei pra ver o programa na mesma hora.

Mesmo achando que o Lulu faz parte da geração que só conseguiu fazer boas músicas até metade dos anos 90, ainda sim eu adoro o cara. Caramba, como eu queria que um dia um homem bem apaixonado me mandasse um e-mail, carta, recadinho, o que fosse, com trechos de algumas músicas clássicas do Lulu Santos. Pensa só, você está distraída e recebe um e-mail do love da sua life com os seguintes dizeres: “Quero te conquistar, um pouco mais e mais a cada dia, satisfazer sua vontade também me sacia”. Pode ser a clássica quando um certo alguém desperta o sentimento é melhor não resistir e se entregar, me dê a mão, vem ser a minha estrela, complicação tão fácil de entender [...] inspiração pra tudo o que eu viver.” É ou não é pra suspirar o dia inteiro?

Ou então, naquele dia mais ou menos, você lembra que ele já cantou: “[...] eu estou indo à vida com a determinação de um trem, como um faminto em um prato de comida”. Pelo menos, no meu caso, dá uma boa animação pra começar o dia bem.

Definitivamente, eu quero receber uma declaração ao som do tio Lulu Santos, com todos os clichês possíveis e imagináveis. Não ligo, sou, com certeza, “flagelada* da paixão, retirante do amor, desempregada* do coração....tchu ru ru ru tchu ru ru ru ru.”

É, como diria o Lulu, até as canções mais tolas, tendo os seus defeitos, sabem diagnosticar o que vai no peito”, pelo menos no meu elas sabem.

Guia das músicas: Tudo com você, Um certo alguém, Papo cabeça, Tudo azul e Satisfação.

* Adaptação total, sem a menor vergonha...rs. E nossa, que post colorido.

9 comentários:

Sissi disse...

o post está colorido porque o assunto é empolgante. as músicas do Lulu são empolgantes, têm letra, melodia, emoção. concordo com vc que a música só foi boa até metade dos anos 90, mas ainda bem que temos essas, porque se dependermos das que tem hoje... aff...

Ggel disse...

Sissi, concordo plenamente, estamos numa fase de música se artistas ruins que nossa, dá até desespero.

Milady disse...

Considerando-se o assunto do post, e a melhor época do Lulu que foi durante os anos oitenta, só podia ser colorido mesmo... Mas ele é definitivamente tudibom! E com licença, viu, não estou nem aí para os outros pensarem que as declarações de amor que estou recebendo são bregas ou o que... O que importa é que toque nosso coração, não?!

Nanda Nascimento disse...

Vibrei com programa, adoro o lulu Santos!!
A turma aqui é grande, gostei, aos poucos vou lendo e conhecendo todo esse espaço!!
Abraços!!

Dani Pontes disse...

Adorei Gel!!! Eu tb achava o Lulu o maximo... mas as ultimas musicas dele sao de amargar!!! Principalmente pra quem ja ouviu as boas!!!
Aguarde q um dia um belo alguem ha de canta-las no pe do seu ouvido!!!
Beijos, Dani

lourival disse...

Gel, Gel,Gel! Sumidinha, hein? Estou até hoje esperando a tua visita aqui em Floripa. Não pense que me esqueci. Estou com saudades daquele sorrizinho de olhos apertadinho safadinhos. Heheheh. Beijos lindosa.

Aninha disse...

Eu não gosto do Lulu. Eu gosto das músicas do Lulu. Também me remetem à adolescência (minha) e isso é gostoso de recordar. Mas... "Tudo muda o tempo todo no mundo...".
Abração, Ggel.

¿Controversy! ® disse...

Hahahahahahahahahahahahahahahaha
Linda! Confesso que se sou eu que recebo uma carta romântica com a letra da música de quem quer que seja, se não me for informado eu não saberei. Sou muito desligado quanto a isso. Mas é legal para quem conhece receber algo assim e sentir-se a melhor pessoa do mundo.
Mas verdade seja dita o que o Lulu disse, você escreveu e volto a repetir “as canções mais tolas, tendo os seus defeitos, sabem diagnosticar o que vai no peito”.
Assino embaixo.
¿Beijos!

Marcia disse...

ah... Lulu é tudo de bão, né?
Bjks,
Eu